agosto 11, 2017

(0) Comentários

EMATER/RS-ASCAR REALIZOU SEMINÁRIO EM SANANDUVA

Informativo Regional

Em sua terceira edição, o Seminário de Manejo, Conservação e Adubação do Solo trouxe mais uma vez o tema Solos para o debate. O evento, realizado no salão da comunidade Lajeado Bonito, foi promovido pela Emater/RS-Ascar e Conselho Agropecuário Municipal de Sananduva. O engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar de Passo Fundo e doutor em Solos, Rafael Goulart Machado, palestrou sobre adubação, calagem e manejo do solo pós-colheita. “Buscamos mostrar a importância do solo para a sociedade, seja na produção de alimentos, de fibras, energias e combustíveis, por um viés produtivista. Além disso, precisamos mostrar o quanto o solo tem sido tratado com descaso”, disse. Machado destaca que a cultura da soja no Rio Grande do Sul tem grande potencial produtivo. “Porém, a produção efetiva é muito pequena, menos da metade do potencial que a cultura poderia ter. Temos potencial para produzir mais de 100 sc/ha”, afirmou o engenheiro agrônomo. Sobre a compactação do solo, Goulart sugere estratégias para correção. “Existem estratégias físicas, como escarificação, que têm de estar atreladas a estratégias biológicas. Uma camada compactada, que pode ser quebrada com escarificador, se não tiver raízes para construir ou manter a porosidade, dentro de seis a oito meses volta a compactar”, alertou. O agrônomo salientou ainda que a água que fica na lavoura é segurança para o produtor em termos de produtividade, já a água que se esvai significa prejuízo. “Além da perda dos nutrientes e da perda econômica, ocorre a contaminação de mananciais hídricos e danos a estradas, que viram problemas para as administrações municipais”, disse. Goulart falou também sobre as ações do Programa Estadual de Conservação do Solo e da Água, coordenado pela Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi). Na parte da tarde, os participantes conferiram palestras sobre mudanças da Previdência Social, com o bacharel em Desenvolvimento Rural e Gestão Agroindustrial da Fetraf/RS, Rui Alberto Valença. “Queremos que os agricultores reflitam sobre a aposentadoria, uma luta histórica. Queremos alertar. Se é necessária a reforma da previdência, vamos fazê-la, mas parece que está sendo feita apenas de um lado”, disse, fazendo um chamamento a todos participarem das discussões. Fonte: Ascom  Emater/RS-Ascar – Regional Passo Fundo

Comente! em "EMATER/RS-ASCAR REALIZOU SEMINÁRIO EM SANANDUVA"

Seja o primeiro a comentar!

Deixe um Comentário!
Nome : 
E-Mail : 
Website : 
Mensagem :